Categorias
Produção digital

O que é Produção Digital?

Tenho certeza que você já deve ter ouvido falar de produção digital, afinal, esse termo se popularizou bastante nesse ano com a migração de diversas empresas e profissionais para a internet. 

De forma objetiva, produção digital é criação de produtos online, sejam eles livros, cursos, serviços, fotografia dentre uma infinidade de possibilidades que podem ser comercializadas digitalmente.

Apesar da democratização do trabalho online, ainda existem algumas dificuldades encontradas por pessoas que desejam atuar dessa forma.

Uma vez que o início de tudo é definir o que fazer e identificar se possui as habilidades necessárias para desenvolver um bom projeto.

Desse modo,  evidenciaremos aqui tudo o que compreende o universo da produção digital, assim você poderá decidir se também deseja ingressar nessa área promissora, onde  profissionais renomados de diversos nichos têm concentrado seus esforços

Produção Digital  – Conceito, Desenvolvimento e Estratégias

Liberdade de controlar o próprio tempo e espaço de trabalho é uma das principais razões que muitas pessoas têm buscado alternativas para trabalhar online.

Quem é que não deseja trabalhar em qualquer lugar do mundo, ou do sofá de casa, com mais tempo para si e para a família?

Trabalhar com produção digital é algo que pode te proporcionar essa liberdade e muito além. 

Já que é também uma possibilidade de trabalhar com a temática com a qual se identifica, compartilhando conhecimento sem fronteiras, transformando a vida de outras pessoas e consequentemente obtendo mais qualidade de vida. 

Aqui, vamos discorrer para além do conceito. Ao final da leitura,você vai entender como atua um produtor digital, o que você precisa para criar seu produto, quais as melhores plataformas para atuar como produtor e também como produzir bons conteúdos para seu projeto. 

Preparados?

O que é um produto digital ou infoproduto?

São produtos ou serviços entregues através da internet, sem necessidade de estoque ou loja física, com uma vantagem de vender sem fronteiras, ou seja, se alguém do outro lado do mundo quiser comprar seu produto ou serviço, ele conseguirá com apenas um clique.

Há várias categorias de produtos digitais, desde softwares até cursos online. O leque de opções é gigantesco e posso garantir que sempre haverá algo com o que se identificar, tanto para vender ou para consumir.

Os produtos digitais mais populares são os e-books e cursos online. É provável que a popularidade deles deu-se pela facilidade de distribuição e preços acessíveis para adquirir conhecimento. 

No caso do E-book (livro digital) muitos produtores o utilizam como “isca”, entregando o material de forma gratuita em troca do endereço de e-mail, para com isso ofertar futuramente outros produtos pagos, como um curso online do mesmo segmento. 

Isto é, alguns produtos são vendidos e outros são utilizados como estratégia de marketing para a comercialização de algo maior. 

Como fazer um produto digital?

Agora que você já sabe o que é produção e produto digital, chegou a hora de entender como fazer o seu.

Diante disso, vamos falar sobre o e-book e o curso online, já que são os mais procurados dentre os infoprodutos.

O e-book é o mais simples de fazer, por conta disso muita gente o faz sem nenhum empenho e responsabilidade.

Esse é o erro que você não pode cometer mesmo que o objetivo do seu e-book seja para compartilhamento de forma gratuita. 

Lembre-se, é o seu nome que está ali e é através dele que algumas pessoas vão te conhecer. Logo, é importante escrever bem, sem erros, com um design atrativo e entregar o conteúdo prometido. 

Já comprei e-book de um produtor bem famoso na área de marketing com muitos erros básicos de português, tanto que até hoje não consigo acreditar que foi ele mesmo quem escreveu.

Além disso, a diagramação estava confusa, o que deixava a leitura bem cansativa. 

Esse é um exemplo do que nenhum produtor deve fazer. Ainda mais se for um produtor iniciante (perder a credibilidade é um risco que você não pode correr).

Tanto para o e-book como para o curso online, é fundamental que você tenha um conhecimento avançado na área escolhida para dissertar.

Não adianta escrever ou falar qualquer coisa se o seu desejo é ser autoridade e não chacota no mundo digital. 

No caso de curso online, com o conteúdo na maioria da vezes em vídeo, pode ser um pouco mais complicado. Não é todo mundo que gosta de falar em frente às câmeras. 

Mesmo que esse não seja o seu problema, o trabalho de produção digital que envolve um curso online não implica somente em gravar o conteúdo e publicar, existe toda uma estratégia de marketing por trás para fazer o seu curso decolar. 

O curso online é uma junção de alguns fatores: Excelente conteúdo + Excelente estrutura + Estratégia de Marketing adequada + Suporte ao cliente. 

O que é preciso para criar um produto digital?

Como uma boa Relações Públicas, já digo que a primeira coisa a fazer é definir o Público Alvo.  

Público definido? Agora é hora de escolher o tema e saber o que você deseja que seu cliente alcance com seu produto. 

O conteúdo é a alma do sua criação!

Por consequência, o conteúdo do seu infoproduto precisa ter uma estrutura coesa além de boas estratégias para gravação, no caso de vídeos e áudios. 

Às vezes, também é necessário providenciar material de apoio. Por exemplo, se o seu curso tem um tópico sobre como organizar fluxo de caixa, talvez seja interessante proporcionar alguns modelos de planilhas para seus alunos. 

Faça o possível para não deixar nenhuma dúvida com relação ao assunto e disponibilize um canal de comunicação, que pode ser e-mail, telefone, ou app de mensagem, onde o cliente pode se comunicar com você para tirar dúvidas e lhe dar feedback. 

Outra coisa imprescindível ao fazer um produto digital é a confiança de que seu produto é realmente bom e funciona, que você se sinta bem vendendo ele, com a certeza de que ele está ajudando muitas pessoas.

Como desenvolver o conteúdo do produto digital

Como eu disse antes, o conteúdo é a alma do seu produto digital, portanto não passará tímido nesse texto. Veja a seguir algumas dicas para produzir um conteúdo de sucesso. 

Pesquisa

Verifique se o seu tema é uma dor existente, se as pessoas precisam dessa solução que você oferece.

Você pode conseguir a resposta para isso publicando conteúdos relevantes sobre o assunto em suas redes sociais, facebook, youtube e perguntando diretamente para sua audiência.

Exemplo: Você quer ensinar pessoas a montarem um site do zero. Se a sua audiência quer aprender a montar site no wordpress, por que você perderia seu tempo ensinando a montar também no wix ou no joomla?

Definir o problema

Não adianta identificar vários problemas e querer resolver todos eles. Você precisa focar em apenas um para desenvolver um bom produto. 

Mostre os obstáculos superados por você

Conte sobre como começou nessa área, quais foram suas dificuldades e como seu conhecimento vai ajudar os seus clientes.

Nada melhor que seu ouvinte sentir-se conectado com você e motivado para chegar onde você chegou.

Conte sobre sua experiência

Como você adquiriu esse conhecimento? Quantos anos de carreira? Fale sobre sua formação e desenvolvimentos na área.

Esse ponto é muito importante para sua credibilidade online.

Crie passo a passo didático

Para exemplificar melhor, vou contar uma situação que ocorreu comigo.

Uma vez comprei um serviço de hospedagem que oferecia suporte para meu site, no entanto, todas às vezes que surgia alguma dúvida, ao perguntar para eles, obtinha uma resposta cheia de termos técnicos e linguagem de TI, a qual não me ajudava em nada, pois eu não entendia.

Quando alguém contrata um produto digital, independente do que seja, ele espera ser guiado para alcançar o resultado, a menos que o seu produto seja somente para experts, você precisa entregar seu conhecimento em uma linguagem acessível.

Promova a transformação

O seu curso precisa ser transformador, curar uma dor e ter conteúdo relevante.

Não vale copiar conteúdo de outros produtores e nem oferecer conteúdo que qualquer um encontra com um clique no google.

O seu infoproduto deve compreender toda a sua expertise no assunto.

A ideia é entregar um produto ou serviço com qualidade suficiente para que seus próprios clientes venham divulgar para você. 

O que é preciso para fazer conteúdo em vídeo

Agora, falando especificamente de produto digital em vídeo, é necessário ainda um cuidado especial com equipamentos e edição.

É importante ter um  equipamento de gravação razoável.

Você pode sim gravar com seu celular, mas é imprescindível que a imagem tenha uma boa qualidade. 

Muitos produtores ainda gravam com baixa qualidade, mas se você deseja ter credibilidade desde o princípio, invista em seu equipamento.

Se não tem interesse ou capital para investir, você também pode alugar, emprestar de algum amigo ou gravar diretamente em algum estúdio próprio para esse fim. 

A iluminação é outro ponto muito importante para que seu vídeo fique agradável de assistir.

Você pode comprar equipamento de iluminação básico ou se o orçamento está apertado,  pode gravar durante o dia com iluminação natural (minha preferida e grátis!).

Ao gravar, também é importante qualidade do som. 

Em ambiente fechado e sem ruído, alguns celulares e câmeras conseguem captar bem a sua voz.

Contudo, há como deixar o som ainda melhor com microfones próprios, que podem ser acoplados no seu equipamento deixando a sua voz ainda mais limpa.

Não podemos esquecer que também é essencial um bom programa de edição de vídeos (considerando aqui que você já tem um computador).

Caso você não saiba editar e não tenha tempo para aprender, também é possível terceirizar esse serviço. 

DICA: Um vídeo fluido, sem cortes (ou poucos cortes), fará um grande diferencial na qualidade de seu material e também na construção da sua autoridade. 

Onde hospedar o produto digital

Hoje o que não falta são plataformas para distribuição de produtos digitais, e melhor de tudo: as plataformas gratuitas não perdem para as pagas, melhor dizendo, você não precisa gastar nada para colocar seu curso no ar. 

Normalmente o que estas plataformas cobram é uma taxa por venda, que pode ser um valor fixo ou um comissionamento. 

As principais gratuitas são a Hotmart, líder nesse mercado no Brasil, seguida da Monetizze e Eduzz. 

Particularmente, gosto de trabalhar com a Hotmart, que apresenta uma estrutura mais dinâmica e didática, além do suporte oferecido aos produtores.

Mas cada caso é um caso, por isso veja onde seu nicho se encaixa mais e qual a plataforma que passa mais confiabilidade ao seu público. 

Como lançar seu produto do mercado

Após todo o processo produção digital e escolha da plataforma aonde irá hospedá-lo, é a hora de focar nas vendas!

Como primeiro passo, é importante que você se concentre na construção da sua autoridade online.

Fazer um site/blog e compartilhar conteúdo relevante em suas redes sociais são formas de atrair pessoas interessadas em sua temática.

Essa etapa é a mais importante para seu processo de vendas, pois é nela que você fará a captura de leads qualificados.

Em outras palavras, é nessa etapa que você irá identificar as pessoas que realmente estão interessadas em seu produto e que tem perfil para ser seu cliente em um futuro próximo. 

Com isso, chegou a hora da estratégia de marketing digital, que envolverá várias etapas importantes.

Uma dessa etapas é a criação do funil de vendas, uma estratégia que compreende todo o trajeto que o possível cliente vai percorrer desde o contato até o total interesse em adquirir o seu produto. 

O lançamento do produto acontece após toda a estratégia ter sido testada.

É no lançamento que você fará as ações que visam atrair o cliente para a compra. Nesse momento você vai definir a frequência das suas vendas e isso também faz parte de uma estratégia de sucesso. 

Há vários formatos de lançamento e para escolher o mais adequado é necessário avaliar o produto, o nicho, preço, entre outras características essenciais para definir qual a técnica que será utilizada para uma venda massiva.

Obviamente, você também pode comercializar de maneira simples, divulgando em seu site e redes sociais, mas utilizar um método de lançamento, permite que você venda grandes quantidades em um curto espaço de tempo.

Isso possibilitará um controle maior das suas finanças e também um melhor acompanhamento dos seus clientes.

Ah, assim como todo produto, é oportuno pensar no pós venda, pois só assim poderá avaliar a efetividade do produto e receber feedbacks para possível aperfeiçoamento do seu material.

Nós da Prodigia, somos especialistas na produção e co-produção de produtos digitais.

Auxiliamos e orientamos desde a etapa de criação até o lançamento. Desenvolva um produto digital fundamentado no seu conhecimento e alcance o público que anseia por isso. Saiba mais aqui!

Conte pra gente, você já pensou em ser produtor digital? Tem alguma ideia que ainda não conseguiu tirar do papel?

Escreva abaixo nos comentários, ficaremos felizes em responde-lo(a)!

Uma resposta em “O que é Produção Digital?”

Artigo muito bem escrito e interessante. Agora ainda mais devido à pandemia conseguimos ver que esse assunto precisa ser estudado porque o mundo digital sustentará à economia do futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.